22.10.17

Espelho

    Não sou de receber elogios, estou longe de qualquer tipo "Beleza admirável."  Me considero um alguém comum, nem pior nem melhor. Hoje fui elogiada por algo que não consegui entender; ele me elogiou pelos meus olhos, porém os considero bem comuns, não vi sentindo naquilo, mas para uma pessoa com complexo de inferioridade, tudo  que parece bom, se torna ruim.
   No mais, recebi o seguinte elogio: "você é toda linda, porém os teus olhos são incríveis, castanhos e ainda sim únicos, olhos que mostram oque você acredita não ter. Definitivamente amo este teu par de olhos, quero um dia poder sonhar com eles."
    No momento que ouvi isto, fiquei sem reação, abaixei a cabeça e sorri, como uma menina de corpo intocável, inocente...
Desejando um dia poder agradecer, sem doce, sem timidez, aceitando e amando o meu eu, meu corpo, minha insinadade...

23.6.17

Quem tem com o que me pagar não me deve nada!

Pecado é acreditar que reciprocidade machuca.
A minha criação girou em torno de chumbos trocados, lágrimas noturnas e dores  supostamente cicatrizadas.

Não  venha me jogar na cara algo que eu já conheço.
Você pode metir para o mundo, menos para o teu real sentimento.

Posso ser oque você quiser que eu seja, mas nunca serei contra os meus valores, é da minha natureza ser de sangue, lágrimas e sentimentos...

30.5.17

Por agora

Hoje tentei me olhar nos olhos.
Não  no meu reflexo.
Nos olhos mesmo;
De dentro para fora,
Me debruçando sobre as minhas tantas cores.
Sobre o meu resto de felicidade...

Sempre quero mais,
Tudo me falta.
Ar... preciso de ar...

Preciso da liberdade.
Do direito ao erro.
Do senso de justiça.
Da exatidão.
Do choro que o senhor me deu...

Sou lágrimas.
Sal.
Sangue.
Suor...

Sou a misericórdia.
Trago na boca o grito,
O pedido,
O silêncio!